Cambura vence e segue invicta na Série B: 2×1

Foi mais uma vitória com a cara da competição: aguerrida, sofrida, mas mais uma vez, valeu pelos três pontos. Jogando no Robertão na noite desta quarta-feira, dia 20, o Camboriú FC recebeu o Operário e, com gols de Neilson e Flávio Paulino, venceu por 2×1.

A partida desta quarta também marcou a estreia do novo modelo do terceiro uniforme, azul, em 2018. A camiseta tem detalhes em amarelo para celebrar, mais uma vez, a cidade de Balneário Camboriú. Além disso, a torcida tricolor também pode utilizar a camiseta azul e amarela para torcer pela Seleção Brasileira na Copa do Mundo.

Com o resultado, a Cambura chega aos 10 pontos na competição, ainda sem saber o que é derrota em 2018. O Tricolor é o segundo colocado na Segundona, atrás do Fluminense no saldo de gols. Na próxima rodada, o duelo será contra o Almirante Barroso. Novamente no Robertão, o Camboriú entra em campo no sábado, dia 23, às 17h.

O jogo

Jogando em casa, o Camboriú dominou as ações desde os primeiros minutos. Só no primeiro tempo, foram mais de dez finalizações. A maioria delas, porém, não acertava o gol adversário. Sem Aldair, que torceu o tornozelo no treino da terça-feira, Mauro Ovelha promoveu a estreia de Flávio Paulino. O meia acabou sendo o jogador mais presente nas jogadas de ataque da Cambura na primeira etapa. Foi ele quem teve a primeira grande chance aos 7 minutos, quando cabeceou com perigo cruzamento de Paulinho Oliveira.

A Cambura arriscou de longe com Marlon e Ruan, e novamente assustou com Flávio, que tentou mais uma cabeçada com perigo e, da entrada da área, bateu firme para defesa do goleiro. Igor e Paulinho Oliveira também arriscaram de longe, mas a bola só resolveu entrar já nos minutos finais da primeira etapa.

Aos 41, Flavio Paulino cruzou e Neilson se antecipou à zaga para marcar de cabeça: Cambura 1×0. A vantagem, porém, não se manteve até o intervalo. Já nos acréscimos, em uma das poucas descidas do Operário, o árbitro viu falta na área e assinalou pênalti. Elton bateu e deixou tudo igual. Intervalo: 1×1.

O Camboriú voltou para a segunda etapa com a mesma formação, mas não criou o mesmo volume de chances do primeiro tempo. Aos 12, Paulinho Oliveira assustou em chute de longe que o goleiro precisou espalmar. Aos 14, um susto: em chute forte, os visitantes quase viraram o jogo, mas a bola estourou no travessão. Mas, aos 23, ela entrou. E do lado certo. Após cruzamento de Mota, a bola desviou na zaga e sobrou limpa dentro da área. Flávio Paulino chegou batendo forte, sem chances para o goleiro: 2×1.

A partir daí, o Robertão foi tomado por um clima de tensão nos minutos finais. Os visitantes tiveram uma boa chance de empatar aos 49 minutos, mas a zaga Tricolor conseguiu afastar o perigo e garantir a vitória. Fim de jogo: Cambura 2, Operário 1.

Camboriú: Zé Carlos, Mota, Igor, Neguette, Talys; Marlon (Leo Galopolis), Ruan (Miguel Perin), Flavio Paulino; Mateus Arence (Paulinho) e Neilson. Té.c: Mauro Ovelha.

Confira os gols do jogo:

Share Now

Related Post

Deixe uma resposta

Você precisa estar logado para inserir um cometário