É CAMPEÃO! Cambura empata e conquista turno da Série B: 2×2

As duas melhores equipes da primeira metade do Catarinense Série B 2018 se encontraram na Arena Joinville neste sábado, dia 7, para decidir o título do primeiro turno da competição. Precisando apenas de um empate para garantir a taça e carimba uma vaga nas semifinais da Série B, o Camboriú FC enfrentou um Fluminense guerreiro, veloz e que valorizou e muito a decisão. Dentro de campo, o Flu esteve à frente no placar por duas vezes, mas a Cambura buscou o empate e garantiu o título: 2×2, com gols de Neilson e Flavio Paulino para o Tricolor, enquanto Edinho e Maykson marcaram para o Fluminense.

Com o resultado, o Camboriú chega aos 20 pontos na Série B, na primeira colocação, e não pode mais ser alcançado, nesta fase, nem pelo Fluminense – segundo colocado com 19 pontos – nem por nenhuma das outra oito equipes, que ainda entrarão em campo neste domingo. Pelo título do turno, a Cambura recebeu a taça Hairton Matias Kalfeltz – Sombra, em homenagem ao ex-atleta do futebol catarinense, falecido recentemente.

Garantido nas semifinais da competição, o Tricolor pode também buscar um caminho mais curto para a elite: caso conquiste também o returno, a Cambura já será campeã da Série B e garantirá a vaga na Série A 2019. Caso haja um novo campeão no returno, o Camboriú vai encarar, nas semifinais, o segundo melhor classificado pelo índice técnico (turno + returno), fazendo o segundo jogo em casa com a vantagem de dois resultados iguais.

A primeira partida do returno será já nesta quarta-feira, dia 11. A Cambura joga em casa, no Robertão, às 18 horas contra o Blumenau, com transmissão da Record News.

O jogo

Mesmo jogando em casa e precisando da vitória, o Fluminense não exerceu uma pressão sobre o Camboriú nos primeiros minutos de jogo. A partida seguiu equilibrada e sem chances claras até o final da primeira etapa. Quando tudo caminhava para um 0x0 no intervalo, os donos da casa abriram o placar. Aos 43, após um chute longo do goleiro Paulo Sérgio, a bola sobrou para Edinho, que invadiu a área, ajeitou e, com um belo chute, abriu o placar: 1×0 Flu, placar do intervalo.

Precisando então de pelo menos um gol para garantir o título, a Cambura voltou para a segunda etapa com outra postura, agredindo bem mais o adversário. E o gol de empate veio aos 17 minutos. Mota arrancou do campo de defesa e, em poucos segundos, já estava lançando Flavio Paulino pelo lado direito. O camisa 10 invadiu a área e viu Neilson livre na boca do gol. O passe e a conclusão do camisa 9 – por baixo das pernas do goleiro – foram perfeitos: 1×1, sexto gol de Neilson na Série B, o que lhe torna um dos artilheiros da competição.

Mas o Fluminense não se deu por vencido e seguiu buscando o gol que lhe daria o título, principalmente em bolas alçadas na área em faltas laterais. E foi em uma jogada assim que o Flu do Itaum chegou ao segundo gol. Aos 32, Maykson coboru falta na área, ela passou por todo mundo, quicou e enganou o goleiro Zé Carlos, morrendo no fundo da rede: 2×1 Flu.

Mas a resposta da Cambura foi rápida. Quatro minutos depois, Paulinho cobrou escanteio com perfeição, na cabeça de Flavio Paulino. Sozinho dentro da área, o meia testou firme, debaixo das pernas do goleiro, e fez o segundo do Camboriú, o quarto dele na competição.

A partir daí, os minutos finais foram marcado por tentativas apressadas do Fluminense de encontrar o gol que lhe daria o título. A zaga tricolor, no entanto, sempre bem postada, afastou todos os sustos. A última grande chance do Fluminense veio já aos 47, quando um chute de dentro da área, à queima roupa, parou nas mãos de Zé Carlos em uma defesa firme do camisa 1. Fim de jogo: Fluminense 2, Camboriú 2 e a taça do turno veio no ônibus com destino à Baixada.

Camboriú: Zé Carlos, Mota, Igor, Neguette, Higor Martins; Marlon, Ruan (Leo Galopolis), Flavio Paulino, Paulinho; Tiago Pará (Mateus Arence) e Neilson (Gabriel Peres). Téc.: Mauro Ovelha.

Veja os gols do jogo:

Share Now

Related Post

Deixe uma resposta

Você precisa estar logado para inserir um cometário