Cambura domina, mas só empata em Itajaí

O Camboriú FC foi a Itajaí na noite desta quarta-feira, dia 3, para enfrentar o Almirante Barroso em partida válida pela oitava rodada do Catarinense Série B 2019. Mesmo enfrentar o líder invicto em sua casa, o estádio Camilo Mussi, o Tricolor tomou conta da partida e, mesmo saindo atrás no placar logo aos 5 minutos, criou diversas chances para empatar e virar o duelo. No fim, mesmo com toda a pressão, o confronto terminou empatado em 1 a 1. Marllon marcou para o Barroso e Saraçol, contra, empatou para a Cambura.

Com o resultado, o Tricolor soma agora 8 pontos na competição, na sétima colocação, seis pontos atrás do G2, a zona de classificação à Série A 2020. O próximo compromisso, o último da primeira metade da competição, será no domingo, dia 7, às 10h. O adversário será o Barra no mesmo estádio Camilo Mussi.

O jogo

O Camboriú precisou encarar muitas condições adversas na partida desta quarta-feira, em Itajaí. Primeiro, a condição do adversário, líder invicto da Série B. Depois, as condições adversas do campo de jogo, onde o gramado e a iluminação não favorecem a prática do bom futebol. Por último, a desvantagem no placar, que veio logo aos 5 minutos. Renato Junior derrubou Daniel na área e o árbitro assinalou pênalti. Marllon cobrou e colocou os donos da casa na frente: 1×0.

A partir daí, o que se viu foi um domínio completo da Cambura. Chances foram criadas e o empate parecia questão de tempo. Antes dos 20 minutos, o Tricolor já havia reclamado de dois pênaltis, ignorados pela arbitragem. Aos 24, Paulinho cobrou escanteio, o goleiro não encontrou nada na saída do gol, a bola tocou em Saraçol e foi parar nas redes: 1-1.

O Camboriú não diminuiu o ritmo e teve duas chances claras de virar o jogo logo em seguida. Aos 27, Giba fez linda jogada pela direita e quase marcou. No minuto seguinte, foi Wilson Junior quem invadiu a área pela direita e por pouco não fez o segundo. Só dava Cambura e, aos 44, Carlão pegou rebote livre, dentro da área, mas bateu em cima do goleiro. Intervalo, 1×1.

A história do jogo pouco mudou na segunda etapa. Camboriú pressionando, e o gol não saindo. Aos 18, Junior Sergipano tentou subir para cabecear, mas foi claramente agarrado na área. Mais um pênalti, o mais claro de todos, ignorado pela arbitragem. Aos 24, a principal chance do jogo. Wilson Júnior dividiu com o zagueiro e saiu livre, com a bola dominada, cara a cara com o goleiro. A finalização, porém raspou a trave e foi para fora.

A Cambura ainda criou mais algumas chances nos últimos minutos, porém sem tanto perigo. No fim, a sensação de que dois pontos importantes escaparam depois de uma boa atuação, e de que nada está perdido faltando ainda dez rodadas. Fim de jogo: Almirante Barroso 1, Camboriú 1.

Camboriú: Paulo Sérgio, Renato Júnior (Marlon), Junior Sergipano, Carlão, Deca; Juliano, Janderson, Giba (Bruninho); Paulinho, Wilson Júnior e Juliano Levak (Renatinho). Téc.: Mauro Ovelha.

Fotos: Beno Küster / CFC

Share Now

Related Post

Deixe uma resposta

Você precisa estar logado para inserir um cometário